Black Dynamite (Scott Sanders, 2009)

Sei que ainda faltam seis dias para o Festival acabar, mas foda-se: esse é o melhor filme do Festival do Rio desse ano!

Black Dynamite é uma homenagem deliciosa e fodástica aos blaxploitation dos anos 70, com tudo o que o gênero tem direito (trilha sonora espetacular, ação, peitos, gírias a granel, ghetto style, etc..), com um fabuloso tom de paródia (mas sempre respeitando o legado blaxploitation) temperando o filme. Como é de praxe no gênero, temos a clássica trama “O sistema (The Man!!!) distribui entorpencentes para os negros e Black Dynamite vai consertar as coisas”, mas essa linha de história vem recheada com as coisas mais absurdas e genias que se possa imaginar. Só para ter uma idéia, o alvo principal é justamente umas características mais icônicas dos Black guys, e temos até o Watergate (sim, aquele escândalo mesmo!) sendo parte da história (e de uma maneira como você nunca imaginou), gerando os 90 minutos mais divertidos desse Festival. E Michael Jay White (para quem não sabe, é o cara que fez Spawn) faz do seu Black Dynamite um motherfucker nigga capaz de honrar a longa linhagem que tem, entre outros, Shaft, Sweetback e Superfly, só para ficar nos mais icônicos.

Enfim, um filme que me faz ter orgulho do meu black power!

4/4

Adney Silva

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comentários

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s