Watchmen (Zack Snyder, 2009)

Pois é, a comic book que a maioria dos fãs fervorosos (e, na maioria das vezes, cegos e intransigentes) dizia que era impossível de se adaptar ao cinema (apesar de sempre achá-la perfeitamente adaptável), foi finalmente mostrada ao mundo. O resultado: bom, ás vezes muito bom.

É bem verdade que Zack Snyder ainda mantém aquele deslumbramento tecnológico, a tendência em injetar câmeras lentas desnecessárias e cenários artificiais demais (em proporções menores do que em 300, contudo). Além disso, a decisão de incluir na trilha sonora músicas da década de 70/80 (afinal de contas, o filme se passa nessa época) foi falha em alguns momentos, por escolha inadequada das músicas.

Em compensação, ao contrário de alguns diretores contemporâneos, que adotaram o estilo Michael Bay de cenas de ação, Zack Snyder acompanha as cenas de ação com uam câmera limpa, livre de tremedeiras, permitindo que acompanhemos todos os movimentos dos personagens com clareza. O filme é sustentado ainda por um bom elenco, com destaque para Jackie Earle Haley, que dá uma aparência ameaçadora ao Roscharch (especialmente quando está sem a máscara). Essa pode ser considerada a adaptação mais fiel a obra original dos últimos tempos, o que é um bom motivo para acalmar os fãs. Todos os elementos e as falas de todos os personagens estão ali, sem tirar nem por nada.

Deve-se louvar a coragem do diretor, de encarar esse projeto que provocaria a ira dos fãs caso não fosse do agrado deles. Felizmente, Watchmen se sai bem, apesar das pequenas ressalvas. Não é a melhor filme baseado em uma HQ, mas, com certeza, é um dos mais fiéis.

3/4

Adney Silva

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em Comentários

11 Respostas para “Watchmen (Zack Snyder, 2009)

  1. Quase ia assistir na sexta, mas não pude. Talvez vá hoje, estou ansioso, mas nem tanto.

  2. Também estou salivando pra ver…bom que ele parece ter passado longe do desastre que alguns apocalípticos previam.
    Mas quem é o Zack Sander que aparece duas vezes no texto? hehe

  3. Luis Henrique Boaventura

    Primo do Zack Snyder que dirigiu algumas cenas enquanto o outro comia a Malin Akerman atrás dos cenários. :B

    Hehe, já corrigi.

  4. d.j.

    diretor do 300? mais uma adaptação de graphic novel? medo…

  5. O Pândego Endiabrado

    Eu assisti ontem e sai da sala de projeção extasiado. Só que leu essa doideira com 15 anos de idade sabe o que é ver aquela corja de aço saindo do lago Hudson…

    E, para surpresa de muitos, da minha própria surpresa, o final alterado pelo diretor não estragou tudo.

    Recomendo assistir, comprar o DVD quando sair. E, se possível ler o original. E muito legal.

  6. Elias

    Quando vão parar de adaptar essas HQ, já encheu né.

  7. Olha, só enche pra quem não gosta, e quem não gosta não precisa assistir.
    Sem stress, simples assim…

  8. Rodrigo Jordão

    Daqui a pouco fazem uma versão cinematográfica, dirigida, sei lá, pelo Peter Jackson, do Chapolin Colorado haha…

    Num tenho nenhum interesse em ver esse filme aí…

  9. eu assisti o filme e o achei foda, mas ele, ainda assim, é BEM INFERIOR a HQ.

    digamos que o filme não explorou toda a profundidade de cada herói. Faltou todo o escárnio em cima dos super-heróis (com uma pequena exceção ao coruja, mas isto fica imperceptível por muita gente), sem falar que na parte dos flashbacks do Dr. Manhattan, eles são mostrados de forma bem cronológica, diferente da HQ, q mostra tudo bem misturado, representando o ponto de vista dele em relação ao tempo.

    Watchmen, como filme, não será lembrado pelas mensagens metalinguísticas ou por mostrar os problemas psicológicos de cada personagem (quem leu a HQ sabe dos complexos que cada um tem), mas como um filme de herói recheado de sangue.

    Mas quem sabe isto não é até bom? O pessoal vê o filme, fica sabendo que o final na HQ é diferente e vai atrás de ler a HQ?

  10. Vinícius Laurindo

    Apesar de não saber com qual intensidade, eu gostei do filme, até porque o filme é praticamente uma xerox colorida da obra original, o que significa que algumas boas coisas, por menor escala que seja, estão no filme. No terreno no qual há uma quase supremacia de blockbusters cada vez mais imbecis e/ou desinteressantes, já é alguma coisa.

    E esse Zack Snyder não é o que podemos chamar de bom diretor, hun?

  11. Wallace

    Eu estava com um medo do cara… dessa adaptação do Watchmen mas me surpreendi sempre achei q o Snyder iria fazer um ótimo filme visualmente mas indigente como história, mas até q ele se saiu bem nos dois campos, não fez muitas concessões para com o cinepipoquismo só a trilha q deixou algumas meio bregas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s