As Duas Faces da Lei (Jon Avnet, 2008)

!

Era uma vez um diretor não exatamente aclamado. Ele gostava muito de filmes policiais e, um belo dia, resolveu juntar dois dos grandes nomes do cinema para um filme. Então, ele chamou Robert de Niro e Al Pacino e fez “Fogo Contra Fogo”, um filme que marcou época não apenas por ser excelente, mas justamente por ter colocado frente a frente esses dois grandes atores pela primeira vez. A história podia acabar aí. Mas, 13 anos depois, Jon Avnet resolveu juntar esses dois atores mais uma vez e fez o seu “As Duas Faces da Lei”. Dessa vez, Pacino e de Niro são dois parceiros (bem veteranos) na polícia. Após demonstrarem uma truculência ímpar ao espancarem o traficante Spider (50 Cent, numa “atuação” já esperada), são obrigados a passar por sessões psicológicas e se vêem envoltos em uma seqüência de assassinatos contra os bandidos que perseguiam. Enquanto tentam desvendar os crimes, precisam lidar com a desconfiança dos companheiros, que acham que Turk (de Niro) é o assassino.

O filme não é ruim. Longe disso. Mas, para um projeto que fez tanto alarde sobre si mesmo, Pacino e de Niro acabam sendo os únicos trunfos realmente interessantes. O roteiro é fraco, evidenciando o tempo todo que, ao final, seremos surpreendidos de alguma forma. Porém, pior que isso, é o fato de que dezenas de pistas são dadas no decorrer do filme, apenas para causar o efeito “meu Deus, estava o tempo todo na minha cara e eu não percebi”. A direção de Avnet também não ajuda. No final da projeção, a sensação é de “sim, e daí?”.

Definitivamente, por melhor que sejam Al Pacino e Robert de Niro, não basta apenas uní-los para se fazer um “Fogo Contra Fogo”.

2/4

Murilo Lopes de Oliveira

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Comentários

Uma resposta para “As Duas Faces da Lei (Jon Avnet, 2008)

  1. Tenho de conferir logo, mas diante de tantas críticas negativas desanimei um pouco…
    Muito bom oq vc disse… não basta unir Pacino e DeNiro para que faça surgir uma obra-prima como Fogo Contra Fogo, aliás tinha um Michael Mann atrás das câmeras… sinceramente acho o Avnet um péssimo diretor…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s