Festival do Rio 2008 – Top! e Considerações Finais

Nessa última quinta-feira, o Festival de Cinema do Rio teve as suas últimas sessões (claro, sem levarmos em conta a repescagem do dia 10 ao dia 16 nos cinemas do grupo Estação). Ao longo desses 10 anos, o Festival já fixou o seu lugar no panteão dos Festivais Internacionais, com várias visitas de atores/atrizes/diretores nacionais e Internacionais.

Esse é o meu quinto festival (compareço regularmente desde 2004), além de ter sido o ano onde eu assisti mais filmes (18 no total, e os dois curtas). Infelizmente, como em outros anos, não posso tecer comentários mais embasados sobre a Premiere Brasil, uma vez que só assisti um, que acabou ganhando o prêmio do público (Apenas um Fim). Sobre ele, posso comentar que com certeza o lobby feito pelo pessoal da PUC (Universidade onde o diretor do filme estuda cinema), que compareceu em peso a sessão, contribuiu e muito para esse resultado, mesmo o filme sendo apenas mediano. Também infelizmente não assisti nenhum documentário.

Em compensação, nunca arrisquei tanto como esse ano. Resolvi deixar os grandes figurões de lado (exceto o Takashi Miike; os caras de olhos puxados são garantia de bons filmes no Festival desde 2006 – “Trilogia da Vingança”) e resolvi apostar em alguns filmes antigos que não conhecia e também em alguns filmes vindo de países como Israel e Indonésia. Algumas apostas foram certeiras ( “A Fronteira da Alvorada”; “A Maldição da Múmia”), outras nem tanto (“Soi Cowboy”; “14 Kilômetros”). Mas isso faz parte de todo grande Festival.

Acho que, no final das contas, fui bem-sucedido nessa minha escolha, pois acabei conhecendo alguns bons filmes, me surpreendendo com outros e ainda puxei um papo rápido com a Érica Mader logo depois da sessão de “Apenas o Fim” (e, antes que me perguntem: sim, ela é muito bonita e simpática!!). Sem falar que o clima de um Festival de cinema é sempre bom, mesmo com toda a correria de sair de uma sessão para entrar em outra em outro cinema (ainda mais quando você têm apenas 10 minutos para chegar no cinema).

Para finalizar, deixo aqui o top dos filmes que assisti no Festival, e desde já inauguro a contagem regressiva: faltam cerca de 365 dias para o Festival do Rio 2009 (e o Multiplot! estará lá mais uma vez!!)

Top! Festival do Rio 2008

!

01. Sukiyaki Western Django (Takashi Miike, 2007)
02. A Fronteira da Alvorada (Phillippe Garel. 2008)
03. A Maldição da Múmia (Ivan Cardoso, 1981)
04. O Castelo da Pureza (Arturo Ripstein, 1972)
05. Duas Mulheres (Vittorio de Sica, 1960)
06. Canção de Baal (Helena Ignez, 2008)
07. Praça Saens Pena (Vinícius Reis, 2008)
08. Tora-San Reencontra Lily (Yoji Yamada, 1975)
09. A Irresistível Sabella (Dino Risi, 1957)
10. Blackout (Daniel Resende, 2008)
11. Sad Vacation (Shinji Aoyama, 2007)
12. The Photograph (Nan Achnas, 2007)
13. Gesto Obsceno (Tzari Grad, 2008)
14. Sanguepazzo (Marco Túlio Giordana, 2008)
15. Domingo de Páscoa (Pedro Amorim, 2008)
16. Apenas o Fim (Matheus Souza, 2008)
17. O Visitante (Tom McCarthy, 2007)
18. Sol Secreto (Lee Chang-dong, 2007)
19. Soi Cowboy (Thomas Clay, 2008)
20. 14 Kilômetros (Gerardo Olivares, 2007)

Adney Silva

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Comentários

5 Respostas para “Festival do Rio 2008 – Top! e Considerações Finais

  1. e aí, silva! =)
    mas que merda, não vi nenhum desses. por um momento, me veio um arrependimento de só ter visto os óbvios [postei no blog os que vi, bem menos que você]. para amenizar o remorso, já tô baixando o primeiro do top. seu comentário me despertou essa vontade imediatamente.

    []s!

  2. Luis Henrique Boaventura

    Jeffs velho de guerra! o/ Coloquei teu blog alê.

  3. Jeffs!!! :)

    Cara, normalmente eu pego alguns mais óbvios (principalmente para amenizar a decepção de ter assistido um filme ruim anteriormente), mas esse ano eu resolvi aloprar de vez (comprando o passaporte e assistindo apenas filmes não -conhecidos). E gostei muito da experiência, tanto é que vou começar a adotá-la a partir de agora.

    Vê se aparece mais por aqui…

  4. =D valeu, foras! linkei vocês no meu também.

    silva, este ano tive um azar da porra. só os “óbvios” valeram mesmo a pena. é por isso que tenho um receio em fazer o que fez. mas tentarei a experiência ano que vem. quem sabe…
    estarei sempre aqui, com certeza. não sabia da existência dessa maravilha até ontem. =)

    []

  5. Oi
    Vi que vc gostou do PRAÇA SAENS PEÑA e queria avisar que o filme estréia no circuito na próxima sexta, dia 11/12/09. Se você quiser divulgar, entra em contato que te mando cartaz, release, trailer etc.
    Obrigada,
    Gisela
    gisela@limitenarede.com.br

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s