O Batedor de Carteiras (Robert Bresson, 1959)

ou: O Batedor de Carteiras (Robert Bresson, 1959) – Daniel Dalpizzolo – 4/4

Interessante bater de frente com um cinema tão frio e tão pálido neste meu “período” de devoção total ao sentimento. Não que isso necessariamente prejudicasse minha sessão de Pickpocket, mas a partir de quando o Bresson refrigera tanto suas imagens e lança as sensações e emoções de Michel (o que constitui sua humanidade) a níveis tão longínquos, a panos de fundo tão distantes e intocáveis, o que era pra ter sido a experiência sensorial compartilhada entre personagem e espectador, termina não funcionando.

Não consigo parar de pensar em O Samurai. No filme de Jean-Pierre Melville, absolutamente tudo, desde as composições simétricas, mecânicas, de uma beleza álgida, morta e retilínea, como a interpretação movida a engrenagens de Alain Delon, entram em contato direto com o espectador transmitindo uma frieza e uma melancolia desconcertantes exatamente pela palidez que esmalta o filme, ao contrário de Pickpocket, cujo vácuo entre o filme e quem o assiste não transmite coisa alguma.

Mas é bom, ainda que meramente. A escolha de Bresson por um ator amador como protagonista é bem interessante. Apesar de prejudicar demais o filme em qualquer cena que exija uma interação entre ele algum outro personagem, as cenas de Michel em ação captam na estranheza e falta de jeito no rosto de Martin LaSalle o desconforto do seu próprio personagem. Martin e Michel compartilham insegurança. E além do mais, a seqüência de furtos na estação de trem é fantástica. Junto com a cena final, a melhor coisa do filme.

2/4

Luis Henrique Boaventura

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comentários

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s